The Beatles

Publicado: 30/04/2007 em Rock, The Beatles

The Beatles foi uma banda de rock formada em Liverpool, Inglaterra, no final da década de 1950. Formada por John Lennon (guitarra e vocal), Paul McCartney (baixo e vocal), George Harrison (guitarra e vocal) e Ringo Starr (bateria e vocal), obtiveram notoriedade até hoje inédita para uma banda musical.

Atingiram o primeiro lugar nas paradas de sucesso no mundo inteiro com composições próprias como “She Loves You”, “I Want To Hold Your Hand”, “Can’t Buy Me Love”, “Help”, “Yesterday”, “Hey Jude”, “All You Need Is Love” e “Let it Be” entre outras.

Os “garotos de Liverpool” , como eram chamados, não tiveram apenas impacto sobre a música, mas também influenciaram as vestimentas, os cortes de cabelo e forma de ser dos jovens daquela geração. Foi esse sucesso estrondoso que inspirou a criação do termo beatlemania.

Foi um dos grupos musicais mais bem-sucedidos da história, sendo os seus membros aclamados por público e crítica, com mais de um bilhão de álbuns vendidos em todo o mundo[1], sendo que 20 músicas atingiram o primeiro lugar nas paradas apenas nos Estados Unidos da América – números considerados um recorde até os dias atuais.

Help

Formação dos Beatles

George Harrison em 1964.

George Harrison em 1964.

Em 1955, John Lennon, nascido em 9 de Outubro de 1940, criou o grupo Quarrymen com amigos da escola onde estudava, a Quarry Bank School. No começo, a banda tocava skiffle, tipo de música que usava improvisações como bateria com panelas, baixos com cabos de vassoura. Logo, a banda abandonaria o skiffle para se dedicar ao rock and roll, ritmo que estava começando a fazer sucesso entre os jovens ingleses. Em Julho de 1957, Paul McCartney, nascido em 18 de Junho de 1942, foi a um show dos Quarrymen e acabou sendo apresentado a John, o qual o convidou para juntar-se à banda, depois de Paul ter demonstrado para a banda sua habilidade tocando a música “Twenty Flight Rock”. Paul e John começaram a compor músicas para a banda juntos, formando a dupla de compositores Lennon/Mccartney, a mais famosa da história do rock, muito embora algumas músicas eles tenham feito a composição sem ser em dupla, sempre era creditada a música a Lennon/McCartney. Enquanto John compunha músicas com jogos de palavras, com letras mais surrealistas, Paul compunha num estilo mais suave e romântico. Em 1958, Paul apresentou a John um garoto que era seu conhecido, George Harrison, nascido em 25 de Fevereiro de 1943. George na época tinha apenas 15 anos, e era três anos mais novo que John, fato este que desagradava um pouco a Lennon. No entanto, uma vez que George sabia tocar guitarra melhor que John e Paul, isto contribuiu para ele ser aceito na banda.

O nome da banda mudou por diversas vezes, sendo desde Johnny and the Moondogs a Long John and the Silver Beatles, numa época em que nomes grandes eram mais comuns em meios musicais. O nome foi posteriormente simplificado para The Silver Beatles e, finalmente, para The Beatles. Este nome foi inspirado na banda The Crickets (os grilos), de Buddy Holly, sendo “Beatles” um trocadilho de “beetles” (besouros) com “beat” (batida). Mas a versão certa do nome é explicada por John Lennon :“Sonhei com um homem numa torta flamejante,dizendo: Vocês são Beatles com A”. Não foi só o nome da banda que mudou constantemente naquela época, vários integrantes entravam e saiam da banda, somente John, Paul e George eram fixos.

Como John, Paul e George tocavam guitarra, a banda necessitava de um baixista para dar ritmo às suas músicas. Em 1960, John, com 20 anos de idade, estava estudando na Art College, e convenceu um amigo da escola a comprar um baixo e juntar-se à banda. O amigo era Stuart Sutcliffe, ou simplesmente Stu. Este não sabia tocar baixo muito bem, sendo que seu maior interesse era por arte (pintura), mas entrou para a banda por ser amigo de John. Naquela época os Beatles não tinham um baterista fixo, e, portanto, profissionais desse gênero tocavam para eles apenas em determinadas ocasiões. Ao tocarem em um pub de Liverpool, chamado Jacaranda, um baterista, Pete Best, começou acompanhá-los com mais frequência. Pete era filho da dona do pub.

Quando os Beatles receberam um convite para tocar em clubes noturnos de Hamburgo (Alemanha), eles convidaram Pete Best para acompanhá-los na bateria. Pete acabou ficando como baterista fixo da banda. Os Beatles foram duas vezes a Hamburgo. Na primeira viagem, em 1960, alguns fatores acabaram prejudicando o grupo: George acabou sendo deportado por ser menor de idade; depois, Pete e Paul também foram deportados por provocar um pequeno incêndio no local onde encontravam-se hospedados. Na primeira viagem a Hamburgo, os integrantes dos Beatles acabaram se tornando amigos de alguns estudantes da cidade, entre eles Klaus Voorman e Astrid Kirchherr. Quando foram a Hamburgo pela segunda vez, em 1961, George já era maior de idade. Nesta segunda viagem, Stuart Sutcliffe resolveu abandonar os Beatles a fim de dedicar-se à pintura, e também porque tinha se apaixonado por Astrid com quem resolveu se casar pouco depois. Foi Astrid que sugeriu que os Beatles adotassem o penteado para frente e abandonassem o penteado topete (estilo Elvis Presley). Com a saída de Stu, Paul McCartney assumiu o contrabaixo, e os Beatles passaram então a ser um quarteto. Stuart morreria algum tempo depois de derrame cerebral. Quando estavam em Hamburgo, eles acabaram gravando algumas músicas em estúdio, acompanhando o cantor Tony Sheridan, entre elas a música “My Bonnie”.

Ao retornar a Liverpool, os Beatles já tinham uma certa popularidade na cidade, e tocavam constantemente em um pub local, chamado Cavern Club. Seus fãs de Liverpool, ao saberem que os Beatles tinham um compacto no mercado com a música “My Bonnie”, cantada por Tony Sheridan, foram procurá-lo em lojas de discos. Foi a partir desse momento que Brian Epstein, gerente de uma loja de discos, ficou sabendo da existência dos Beatles. O gerente ficou curioso para saber quem eram os Beatles, e foi vê-los tocar no Cavern Club.

Brian ficou impressionado com os rapazes, e resolveu tornar-se empresário deles. Mas aconselhou a banda a mudar a aparência. Saíram os casacos de couro e calças apertadas, e entraram terninhos que estavam na moda em Paris. O modo de se apresentarem ao vivo também mudou: nada de brigar, comer, fumar ou beber durante os shows, o que tornou os Beatles um produto mais apresentável. Como Brian trabalhava vendendo discos de música, não seria difícil para ele contactar alguma gravadora para apresentar os Beatles. A primeira que tentou foi a Decca Records, mas os Beatles foram recusados, pois os executivos da gravadora achavam que o rock logo iria desaparecer. Posteriormente, Brian conseguiu que George Martin, um produtor de discos da gravadora Parlophone, subsidiária da EMI, ouvisse os Beatles. Em Londres, no dia 6 de Junho de 1962, George Martin ouviu os Beatles e resolveu contratá-los.

Beatlemania

Ringo Starr em 1964.

Ringo Starr em 1964.

Após a contratação pela Parlophone, os Beatles resolveram dispensar o baterista Pete Best. Este tinha um gênio difícil, e havia tempos estava desagradando os outros integrantes do grupo. Ainda que não se comprove, Lennon teria dito uma vez que Best era o mais bonito do grupo, e o assédio das fãs o estaria deixando com excesso de confiança, fazendo-o negligenciar seu desempenho na bateria. Em seu lugar, os rapazes chamaram Ringo Starr, também de Liverpool, que tocava em uma banda chamada Rory Storm and the Hurricanes.

Em Outubro de 1962, lançaram o primeiro compacto, com a música “Love me Do” e “P.S. I Love you”, já com produção de George Martin. Fato pouquíssimo divulgado é que Ringo não tocou a bateria na gravação de Love me Do, pois George Martin teria preferido contratar o baterista de estúdio Andy White. O compacto chegou ao décimo-sétimo lugar nas paradas inglesas. A música “Please Please Me”, lançada em compacto em novembro de 1962, atingiu o primeiro lugar das paradas inglesa em 1963, e foi a primeira de uma série de 27 canções a alcançar tal façanha durante a curtíssima existência da banda. Logo eles começaram a gravar seu primeiro álbum, também intitulado Please Please Me. O álbum foi gravado em três dias e possuía não somente composições de Lennon e McCartney, mas também de outros compositores admirados pelos Beatles na época. E em Abril do mesmo ano, atingiram novamente o primeiro lugar com a música From me to you. Em Outubro, fizeram a primeira turnê em um país europeu após os primeiros sucessos, apresentando-se na Suécia, onde puderam observar a mesma histeria que estava sendo causada na Inglaterra. Em Novembro, apresentaram-se no show Royal Variety Performance na presença da rainha da Inglaterra, e gravaram seu segundo álbum, With the Beatles. Além do álbum With the Beatles, em 63, eles lançaram alguns compactos de sucesso que traziam músicas que não estavam presentes em seus álbuns, entre elas: “She loves You” (agosto/63) e “I want to hold your hand” (novembro/63).

Embora tivessem feito sucesso rapidamente na Inglaterra e sido igualmente bem sucedidos em alguns países europeus, os Beatles ainda não tinham conquistado o mercado norte-americano. Com essa conquista em mente, Brian Epstein procurou o presidente da gravadora Capitol para lançar um compacto com a música “I want to Hold Your Hand” nos Estados Unidos e conseguiu firmar um contrato com um popular apresentador de televisão, Ed Sullivan, para que os Beatles fossem aos Estados Unidos e se apresentassem em seu programa de variedades. Antes da Capitol, algumas gravadoras já haviam lançado discos dos Beatles naquele país, como a VeeJay e a Swan, mas nenhum sucesso tinha sido obtido. Embora não houvesse grandes expectativas pela Capitol em relação aos Beatles, a CBS (canal de televisão americano) apresentou um pequeno documentário sobre o sucesso que os Beatles estavam causando na Europa. Os Beatles acabaram alcançando o primeiro lugar nas paradas americanas com “I Want to Hold Your Hand” em 1964. Quando os Beatles desembarcaram pela primeira vez nos Estados Unidos, uma multidão de fãs foi aguardá-los no aeroporto JFK no dia 7 de Fevereiro de 1964, em Nova Iorque. Após Nova Iorque, os Beatles acabaram conquistando o país inteiro. Em sua primeira viagem aos Estados Unidos, eles se apresentaram por três vezes no programa de variedades de Ed Sullivan, da rede de televisão CBS, e bateram recorde de audiência em uma transmissão ao vivo em sua primeira apresentação (aproximadamente 73 milhões de espectadores), no dia 9 de fevereiro.

De volta à Inglaterra, os Beatles fizeram um filme de longa metragem dirigido por Richard Lester, A Hard Day’s Night. Lançaram um álbum com o mesmo nome do filme, o qual, pela primeira vez, continha apenas músicas compostas pela dupla Lennon/McCartney. A história era focada na Beatlemania, sem chegar a ser, no entanto, um documentário. Atualmente a obra é tida como um clássico cult, e é considerada por alguns como a grande precursora da idéia dos clipes (ou videoclipes). Em Agosto e Setembro de 1964, realizaram uma turnê pelos Estados Unidos e Canadá, durante 32 dias, onde apresentaram 30 shows.

A evolução musical

Paul McCartney em 1964.

Paul McCartney em 1964.

Em 1965, eles foram condecorados pela Rainha britânica com MBE (Member of The Order of The British Empire) por sua contribuição a música britânica. Vários ex-combatentes de guerras também já condecorados acabaram devolvendo suas MBEs em protesto. No dia 15 de agosto, os Beatles apresentaram-se no Shea Stadium, um estádio de beisebol em Nova Iorque, para aproximadamente 56.000 fãs, um recorde na época. Foi o primeiro show na história do rock a ser realizado em um estádio. No mesmo ano, ao visitar um amigo que era dentista em Londres, John e George usaram a droga LSD pela primeira vez, oferecida sem o conhecimento deles em uma xícara de café. No mesmo ano, gravaram seu segundo filme, Help!, e lançaram um álbum com o mesmo nome. O LP foi um sucesso, principalmente com as músicas “Help!”, “Yesterday”(que foi composta por Paul McCartney. Ele havia sonhado com a melodia da música e depois compôs a letra), Ticket to Ride e You’ve Got to Hide Your Love Away. O filme, também dirigido por Richard Lester, tinha uma história ao estilo dos filmes de James Bond, sendo gravado nas Bahamas e na Áustria. Houveram cenas nas Bahamas e com skis que os integrantes da banda pediram para incluir porque nunca haviam estado nas Bahamas e nem andado de ski antes. Segundo eles fazia muito frio nas Bahamas e eles andavam durante as gravações apenas de malhas finas. Na época das gravações de Help! eles fumavam maconha até no café da manhã, e a cena do palácio de Buckingham demorou dias para ser filmada pois os beatles sempre chegavam ‘doidões’ às gravações e esqueciam as falas do Script. Ringo relata também no Beatles — Anthology cap. 4 que certa vez estavam jogando um jogo durante as gravações e havia uma bomba, ele e George correram feito loucos por quilomêtros, só para ter uma desculpa para fumar um baseado e voltar.

Mas foi com o lançamento do álbum Rubber Soul, também em 1965, que a banda conquistou a confiança de que precisava para, com uma maior liberdade em estúdio, explorar ao máximo a sua musicalidade. Rubber Soul foi muito bem aceito pelos críticos, e a banda introduziu instrumentos que não eram normalmente utilizados em discos de música pop. O sitar apareceu pela primeira vez em Norwegian Wood, idéia que partiu de George Harrison, que andava encantado com a música indiana. Utilizaram também um órgão Mellotron em algumas músicas. Rubber Soul fez muito sucesso com as músicas “Michelle”, Nowhere Man, Drive My Car, “In My Life”, além de Norwegian Wood.

No dia 27 de agosto de 1965, The Beatles e Elvis Presley se encontraram em âmbito doméstico, sem evidências, até agora, de qualquer produto áudio/visual relevante. A única imagem alusiva ao encontro de Elvis e Beatles é uma foto em que John Lennon aparece saindo da casa de Elvis.

Em 1966, em uma entrevista, John Lennon declarou que os Beatles eram mais populares que Jesus Cristo e que o Cristianismo estava desaparecendo. Em protestos religiosos, durante a terceira tournê pelos Estados Unidos, vários discos da banda foram queimados em praça pública por religiosos fanáticos, e em alguns shows a Ku Klux Klan ameaçou intervir por discordar da afirmação de Lennon. John pediu desculpas mais tarde em uma coletiva, dizendo que foi mal interpretado.

Com a intenção de se dedicar mais a suas composições e também pela falta de tecnologia na época que dificultava a realização shows ao vivo com qualidade sonora, os Beatles resolveram abondonar a realização de shows e dedicar-se mais ao estúdio de gravações. Os críticos acharam que isso seria o fim da banda. E Brian Epstein declarou posteriormente: “O que será de um empresário de uma banda de rock que não se apresenta ao vivo?”. Com isso, a banda realizou o último show em Candlestick Park, em São Francisco, nos Estados Unidos, no dia 29 de Agosto de 1966.

Após o fim das exaustivas tournês, os Beatles lançaram o álbum Revolver ainda em 1966. George compôs três músicas para esse álbum. As outras composições eram todas de Lennon/McCartney. Revolver foi considerado inovador, assim como o álbum antecessor, Rubber Soul. Novos instrumentos e novas técnicas de gravação foram utilizados. A participação de George Martin como produtor dos Beatles tornou-se cada vez mais importante: ele fazia arranjos para as novas músicas, e sua formação clássica foi aproveitada em algumas canções. Revolver trouxe sucessos como Eleanor Rigby e “Yellow Submarine”.

Em 1967, os Beatles lançaram um compacto com as músicas “Strawberry Fields Forever” e Penny Lane, uma amostra do que estaria por vir. O álbum Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band foi lançado após o compacto e é considerado por muitos como o melhor álbum de rock de todos os tempos. Sgt. Pepper’s foi gravado em um período de 129 dias e trouxe novas técnicas de gravações, além de trazer uma das capas de discos mais famosas de todos os tempos. Muitas músicas foram compostas sob o efeito do ácido lisérgico. A música “Lucy in the Sky with Diamonds”, presente no álbum, foi censurada pela BBC por conter as mesmas iniciais de LSD. A idéia de Sgt Pepper’s era fazer com que cada integrante da banda gravasse o disco como se fossem de uma banda fictícia. Sendo assim, o disco começa com a música “Sgt Pepper’s” introduzindo uma nova banda e logo após é apresentado ao público Billy Shears que canta a música “With a Little Help From My Friends” (na verdade era Ringo que cantava a música). Após as duas primeiras músicas do disco, o conceito da banda imaginária foi abandonado e as músicas em sequência não seguiam o mesmo conceito. A música “A Day In The Life” era uma sequência de duas músicas que foram juntadas pela orquestra presente durante as gravações e se tornou uma música só. O disco foi aclamado pela crítica, recebeu o prêmio Grammy de melhor disco do ano. No mesmo ano, eles lançam o compacto com a música “All You Need Is Love” e apareceram tocando a música em um programa de televisão na primeira transmissão ao vivo para vários países, sendo vistos por milhares de pessoas.

Os Beatles nesta época também começaram a seguir a religião indiana Hare Krishna, influenciados por George Harrison, e seguiram para um retiro espiritual com o guru Maharishi Maheshi na Caxemira, Índia. Foi neste retiro espiritual que eles receberam a notícia da morte de seu empresário Brian Epstein, em Setembro de 1967. Neste mesmo ano, John Lennon conheceu Yoko Ono, e a partir de então os Beatles ficaram relegados a segundo plano na vida de John. Após Sgt. Pepper’s, os Beatles resolveram fazer um novo filme, só que desta vez para televisão. Magical Mystery Tour surgiu de uma idéia de Paul McCartney, mas desagradou aos críticos e fãs. Após a primeira exibição em um canal de televisão inglês, houve um cancelamento por parte da emissora para uma segunda exibição.

O fim dos Beatles

John Lennon em visita ao primeiro-ministro Pierre Elliott Trudeau, 22 de dezembro de 1969.

John Lennon em visita ao primeiro-ministro Pierre Elliott Trudeau, 22 de dezembro de 1969.

No ano de 1968, novamente os integrantes da banda partiram em um retiro espiritual na Índia. Uma semana depois, Ringo abandona o retiro e Paul depois de um mês. O retiro espirital acaba em polêmica quando o guru Maharishi foi acusado de tentar seduzir uma seguidora espiritual. Após o retiro espirital, John e Paul viajam a Nova Iorque para anunciar a criação da Apple Corps. Em Londres, eles lançam também uma boutique com o mesmo nome, que logo fechou as portas devido ao fracasso. O primeiro compacto lançado pela Apple foi um grande sucesso, e continha as músicas “Hey Jude” e “Revolution”.

Como os Beatles não podiam lidar pessoalmente com a parte financeira da Apple Corps, eles resolveram contratar um novo empresário. Allen Klein foi contratado após muitas brigas, já que Paul queria que seu sogro fosse o novo empresário, ao invés de Allen. O fato é que os outros três Beatles temiam que Paul tivesse um maior controle sobre a banda, caso seu sogro fosse contratado.

Após o sucesso de “Hey Jude”, os Beatles começaram a gravar um disco duplo, The Beatles, conhecido como Álbum Branco, em meio a várias brigas: algumas músicas seriam gravadas totalmente por um só integrante da banda. A presença constante de Yoko Ono, mulher de John Lennon, nos estúdios de gravação, começou a incomodar os outros integrantes do grupo, principalmente Paul McCartney e George Harrison, que não suportavam a presença da mulher de Lennon. No disco, pela primeira vez, um músico faz uma participação especial. Eric Clapton, guitarrista britânico e amigo de George Harrison, gravou o solo de guitarra em While My Guitar Gently Weeps embora no disco não tenha recebido crédito por sua participação. Ringo Starr abandonou o grupo por duas semanas, alegando insatisfação com a banda.

Para cumprir um contrato, no mesmo ano foi lançado o desenho animado Yellow Submarine e um álbum com a trilha sonora do filme, que trazia apenas quatro músicas inéditas dos Beatles e músicas instrumentais compostas por George Martin, o produtor dos Beatles.

Eles só se reuniram novamente em 1969 para começar o projeto Get Back, que reuniria um filme-documentário sobre a gravação de um álbum. Havia o interesse da banda em realizar um show ao vivo ao final das gravações de estúdio. Durante a gravação do filme-disco, ficou nítido um desgaste de relacionamento entre os integrantes do grupo e o filme se tornou praticamente um documentário sobre o fim da banda. No final do filme, eles tocaram de surpresa no telhado do estúdio algumas músicas para as pessoas que passavam pela rua, sendo tudo registrado para ser exibido no filme. A polícia foi chamada, porém não conseguiu interromper a apresentação. Mais tarde, Ringo Starr diria, de forma irônica, que a polícia foi a grande decepção do concerto, pois a sua prisão, bem como de seus companheiros, daria um ótimo final ao filme.

Get Back foi arquivado, e eles se reuniram novamente, pela última vez, nos estúdios da Apple, para gravar o álbum Abbey Road. O álbum foi muito bem aceito pela crítica e se tornou o mais vendido dos Beatles. O álbum trouxe duas belas composições de George Harrison, “Something” e “Here Comes the Sun”. George evoluíra muito como compositor, ao mesmo tempo que se desinteressava cada vez mais pela banda, já que não podia incluir mais que duas de suas composições nos discos do grupo. Frank Sinatra sempre cantava “Something” em seus shows, e falava que era uma das mais belas canções de amor escritas por Lennon/McCartney (mas na verdade ela foi composta por George Harrison). Novamente, como no Álbum Branco, algumas músicas foram gravadas só por um integrante da banda. Abbey Road surgiu em um esforço de Paul McCartney, que sugeriu a George Martin que a banda gravasse um disco “como nos velhos tempos”. O disco traz a famosa capa dos Beatles atravessando a rua, que daria um início a várias teorias sobre a morte de Paul McCartney.

Em Março de 1970, Paul dá uma entrevista e anuncia o fim dos Beatles. O projeto Get Back não é concretizado, e o filme e o disco anteriormente gravados para o projeto foram lançados com o nome de Let it Be. O disco foi o único que não foi produzido por George Martin. A produção foi feita por Phil Spector. Paul sempre reclamou dos arranjos feitos por Phil, e mais de 30 anos após o lançamento de Let it Be, McCartney lançou Let it Be… Naked, com as mesmas músicas, porém sem a produção de Phil Spector.

Especialistas em música dizem que grande parte da fama dos Beatles deveu-se à assistência do produtor George Martin, que também era conhecido como “o quinto Beatle”. Martin, além de produtor dos arranjos, teve um papel de catalisador para o grupo, mantendo unidas as fortes personalidades individuais, e fazendo com que tirassem o máximo possível de seus talentos incontestáveis. Quando perguntado sobre a importância de George Martin no sucesso da banda, há quem seja categórico em afirmar que se não fosse por ele, o grupo não teria sido tão bom quanto dizem que é. No entanto, os Beatles não foram o único grupo produzido por George Martin. E nenhum destes outros grupos obteve o sucesso alcançado pelos Beatles.

Após o fim

Paul McCartney durante show em Praga, 6 de Junho de 2004.

Paul McCartney durante show em Praga, 6 de Junho de 2004.

Muitas pessoas foram acusadas de serem culpadas pelo fim da banda. A maioria acusou Yoko Ono de ser a grande causadora do fim dos Beatles. Há quem diga também que foi Paul McCartney, que supostamente almejava tornar-se o líder da banda. O certo é que Paul foi acusado de traição pelos outros Beatles, uma vez que anunciou o fim da banda e o lançamento de seu primeiro disco solo antes do lançamento de Let it Be, apesar dos pedidos para não fazê-lo, muito embora a separação do grupo fosse tida como certa.

Após 1970, os Beatles nunca mais se reuniram novamente para gravar juntos. Algumas vezes, eles colaboraram uns com os outros em músicas ou discos, mas nunca com a presença simultânea dos quatro músicos em uma mesma música. O único álbum solo em que os quatro participaram foi em Ringo, álbum de Ringo Starr de 1970, mas não simultaneamente na mesma música.

Em 1980, John Lennon foi assassinado em Nova Iorque, o que acabou definitivamente com o sonho de milhares de fãs de vê-los tocando juntos novamente. Em 1981, George Harrison, Ringo starr e Paul McCartney gravaram uma música em homenagem a John Lennon, “All those Years ago”, composição de George Harrison esta presente no álbum de Harrison, Somewhere in England.

Em 1995, os três Beatles vivos, com aprovação da viúva de Lennon, realizaram The Beatles Anthology. Anthology reuniu um filme, um livro autobiografico e três álbuns duplos com algumas músicas inéditas, como também versões desconhecidas de músicas já lançadas anteriormente por eles, além de trazer duas novas músicas: “Free as a bird” e “Real Love” mixadas com a voz do John Lennon e com a particpação de George, Paul e Ringo.

Em 2001, George Harrison morreu de câncer. Paul McCartney e Ringo Starr permanecem na ativa até os dias de hoje.

Em 2006 foi lançado o álbum Love com músicas para a produção teatral do Cirque du Soleil. Produzido por George Martin e seu filho Giles, o álbum traz mixagens e colagens de músicas já lançadas oficialmente pelo grupo anteriormente.

Curiosidades

  • Em 1963, Brian Epstein e Dick James criaram o catálogo Nothern Songs que reunia todas as músicas compostas por Lennon/McCartney e cuidava dos direitos autorais das mesmas. Em 68, John Lennon e Paul McCartney tentaram comprar a Nothern Songs, mas Dick James acabou vendendo-a para a ATV Britânica (Associated Television). Em 1985, o músico americano Michael Jackson comprou a Nothern Songs da ATV por 47 milhões de doláres. Apartir de 1995, os direitos autoriais da maioria das composições de Lennon/McCartney começaram a ser gerenciados por Michael Jackson e pela Sony Music.
  • George Harrison criou a Harrisongs e Ringo Starr a Starling Music para gerenciar suas composições que sempre estiveram em suas posses.
  • A lenda sobre a morte de Paul McCartney: um radialista divulgou, em 1969, que Paul McCartney teria morrido em um acidente de carro em 1966, e teria sido substituído por um sósia, provavelmente chamadado Billy Shears, após achar pistas em capas de discos e frases de algumas músicas dos Beatles que provariam sua morte. (ver Abbey Road)
  • Charles Manson e seus seguidores cometeram assassinatos invadindo casas em Los Angeles. A primeira chacina foi na casa da atriz Sharon Tate, e a segunda, poucos dias depois, na casa dos casal La Bianca. A polícia encontrou nas casas da vítimas nomes de músicas dos Beatles, tais como “Helter Skelter”, Piggies, “Blackbird” e Revolution 9, presentes no Álbum Branco, escritas com sangue das vítimas. Quando foi preso, Manson alegou que encontrou no Álbum Branco inspiração para seus assassinatos;
  • Os Beatles tiveram algumas composições suas que foram lançadas por outros músicos e atingiram sucesso: “I wanna be your man” com os Rolling Stones, “I’ll Be on my Way” e “I’m in love” com o grupo Billy J. Kramer e os Dakotas, “Step inside love” com Cilla Black, “World without love” com Peter & Gordon.
  • Ringo Starr só compôs duas músicas em toda a carreira dos Beatles: “Don’t Pass Me By” e “Octopus’s Garden”; Além dessas duas músicas, Ringo compôs também “What goes on” em parceria com John e Paul.
  • A primeira transmissão mundial via-satélite ao vivo foi uma apresentação dos Beatles cantando “All You Need Is Love”.
  • A aparição no programa de Ed Sullivan na verdade não foi a primeira aparição dos Beatles na TV norte-americana. Um videoclipe gravado na Inglaterra havia sido transmitido no programa “The Jack Parr Show” no dia 03 de janeiro de 1964, porém foi no show de Ed Sullivan em 09 de fevereiro daquele mesmo ano que ocorreu a primeira aparição ao vivo na América.
  • George Harrison sabia tocar 26 instrumentos, entre os quais se destacam: guitarra, banjo, baixo, contra-baixo, harpa, violino, cravo, tambores, orgão, piano, gaita, xilofone, tamborim africano, sitar e tímpano.
  • Elvis Presley e os Beatles encontraram-se apenas uma vez na vida. Este momento histórico ocorreu em 27 de agosto de 1965. O encontro foi de noite na residência oficial de Elvis Presley, a mansão Graceland em Memphis.

Recordes

  • 20 músicas atingiram o primeiro lugar das paradas de sucesso dos Estados Unidos, fato que nunca foi superado por nenhum outro artista.
  • 17 músicas atingiram o primeiro lugar na Inglaterra.
  • Primeiro lugar em outros países: 12 músicas na Alemanha, 23 músicas na Austrália, 22 músicas no Canadá.
  • Foram os músicos que mais tempo permaneceram no primeiro lugar nas paradas de sucessos americanas com seus discos, 132 semanas. Também repetiram o recorde por 174 semanas na Inglaterra.
  • Em Abril de 1964, os Beatles fizeram o feito inédito de ter 5 músicas nos primeiros lugares das paradas de sucesso americanas (#1 Can’t Buy Me Love, #2 Twist and Shout, #3 She Loves You, #4 I Want to Hold Your Hand e #5 Please Please Me).
  • I Want to Hold Your Hand foi o compacto mais vendido nos anos 1960, foram vendidas aproximadamente 5 milhões de cópias.
  • O disco A Hard Day’s Night vendeu 1 milhão de cópias em apenas quatro dias, após seu lançamento nos Estados Unidos. Se tornando o disco que vendeu mais em menos tempo nos anos 1960.
  • A música Yesterday foi a música mais regravada por outros artistas na história da música.
  • A gravadora oficial dos Beatles na Inglaterra, EMI, estima que os Beatles já venderam em torno de 1 bilhão e meio de discos no mundo inteiro, entre LPs, singles, K7s e Cds.

Ex-Integrantes dos Beatles

  • Stu Sutcliffe — baixo
  • Pete Best — bateria

Participações:

  • Andy White – bateria
  • Jimmy Nicol – bateria
  • Eric Clapton – guitarra
  • Billy Preston – teclados

Vida pessoal

  • O nome verdadeiro de Ringo Starr é Richard Starkey. Ringo era um apelido originado de “ring” (anel), tipo de objeto que ele gostava muito de usar;
  • O nome completo de Paul McCartney é James Paul McCartney.
  • John casou-se primeiramente com Cynthia Powell, em 1962, e Ringo, com Maureen Cox, em 1965, suas antigas namoradas dos tempos de Liverpool;
  • George casou-se em 1966 com uma modelo e atriz, Pattie Boyd, a qual ele conheceu durante as gravações do filme A Hard Day’s Night. Ela fez uma pequena participação no filme. Paul também namorou e ficou noivo de uma atriz, Jane Asher, mas acabou levando um fora da moça quando ela deu uma entrevista na televisão. Paul casou-se pouco depois, em 1968, com a americana Linda Eastman;
  • O filho de Ringo Starr, Zak, toca na banda inglesa de rock Oasis, banda que possui muitas referências aos beatles (inclusive os integrantes da banda já se declararam, várias vezes, fãs da banda, e cresceram ouvindo os Beatles);
  • Ringo comprou várias propriedades ao redor do mundo, e atualmente reside em Mônaco.
  • Paul McCartney é o mais famoso canhoto da história do rock, Ringo também é canhoto, mas conseguia tocar seu kit de bateria no modo para destros.
  • Em 2001 o Aeroporto de Liverpool passou a se chamar Aeroporto John Lennon.
  • Lennon perdeu sua mãe Julia aos 17 anos, quando ela foi atropelada por um motorista embriagado. John foi levado até o necrotério pela polícia para fazer o reconhecimento do corpo. Seu primeiro filho se chama Julian em homenagem a ela.
comentários
  1. anderson leandro disse:

    Estou vendendo uma pasta que fala sobre a vida inteira dos beatles(desdo inicio da carreira ,ate o termino da banda e a vida,a carreira ea morte de john lennon).Os interessados entrar em contato Anderson através do e-mail: and_e_le@hotmail.com

  2. televisioncombr disse:

    Olá Anderson,

    Aprovei o seu comentário, embora pudesse ter considerado como SPAM. Mas como sei que é gente boa, vai lá e boa sorte.
    Ah. Tirei o seu telefone né cara! Vai que o povo resolve ligar pra dar trotes!?🙂
    Boa sorte e agradeço o acesso ao myband’s.

    Walter

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s